KellyDiasM.
Tamanha obsessão a tua
Deixando tua alma nua
Nua de sanidade
Onde está tua personalidade?
Você o quer e eu também
Mas não vê que estás indo além?
Além dos limites permitidos
Estás chegando ao cumulo do ridículo
A beleza nada mais é do que um artificio insano
tormento ao se aproximar da pessoa que amo
meu pranto rola solto sem poder chegar ao encontro
Dos olhos cristalinos do meu bem
Por causa de suas súplicas
meu coração generoso cedo por caridade
Mas sofre em silêncio todo esse alento do peito
obsessão demasiada que destrói realidades
Cria falsas ilusões que tu se alimenta
a cada dia em altas proporções

Autoras: Kelly Dias & Janine Besen
2 Responses
  1. Rodrigo Says:

    É, você está certa...


  2. Kelly Dias M Says:

    Obrigada, mas não conseguiria escrever este relato poético sem a Janine Besen.
    Novamente, fico agradecida e agradeço por ela.
    Fica com Deus.


Postar um comentário